Use o SEMrush como estratégia de Audio Marketing - DEPOISDAS22

Use o SEMrush como estratégia de Audio Marketing

Use o SEMrush como estratégia de Audio Marketing

Você já ouviu falar em posts em áudio? Eles são as versões em áudio de materiais como artigos de blogs e páginas de sites. Empresas que utilizam essa ferramenta tem o Áudio Marketing como parte da sua estratégia de marketing de conteúdo.

A ascensão do áudio como formato escolhido para produzir conteúdos vem de muitos fatores, entre eles, do fato de 83% das pessoas não lerem tudo o que gostariam na internet.

Um estudo do Vooozer mostrou também que quando uma pessoa começa a ouvir um post em áudio, há 31% de chance dela ouvir o conteúdo inteiro. Na média, posts em áudio engajam visitantes por mais de 4 minutos, podendo chegar a mais de 8 minutos.

Com isso, a voz se transformou em um recurso de marketing estratégico e poderoso que recebe o nome de Audio Marketing. 

Se interessou pela estratégia? Você pode usá-la em conjunto com a SEMrush para descobrir palavras-chave importantes para o seu nicho de negócios e criar conteúdos otimizados com áudio. Continue lendo e confira nossas dicas de como usar o SEMrush para criar sua estratégia de Audio Marketing. 

5 dicas para criar uma estratégia de Audio Marketing com a SEMrush


1) Mapeie palavras-chaves que você está bem posicionado


Com a SEMrush, mapeie as palavras-chaves com as quais você alcança resultados na 2ª ou 3ª posição nas SERPs — página de resultados de pesquisa. Esses tipos de conteúdo podem ser selecionados para um upgrade com posts em áudio.

Um post do seu blog pode ter uma versão em áudio adicionada como estratégia para aumentar o Time On Page e, assim, conquistar a posição número #1 nas buscas pela palavra-chave que levam a ele.

Mas porque aumentar o tempo de permanência na página é relevante?

Um estudo da SEMrush mostrou que o Time on Page, métrica do Google Analytics, é o segundo fator de ranqueamento mais relevante para o algoritmo do Google. Esse critério pode ser a diferença para o desempate nas posições das buscas - principalmente no top 3.

Por isso, para ranquear bem nas buscas é fundamental investir em formas de manter o usuário no site. Claro que de uma forma inteligente, adicionando um recurso útil e que beneficia o usuário. Nesse caso, o áudio. Em outro estudo, feito no blog da Rock Content, vimos os posts em áudio aumentarem o Time On Page em até 43%.

2) Mapeie palavras-chaves de alto volume que deseja ranquear


Faça buscas na SEMrush por palavras-chaves de alto volume com as quais você quer ganhar posições. Definidas quais são, crie uma lista e pense em conteúdos de qualidade que você pode produzir. Esses conteúdos podem ter sua versão em áudio, além de seguir todas as outras otimizações de SEO necessárias para aumentar o engajamento com o conteúdo.

A diferença para a pesquisa do item #1 é que o objetivo aqui é fazer o investimento de conteúdo baseado no alto volume de buscas e consequente interesse que essas palavras-chave possuem para o usuário. Daí o investimento para produzir conteúdos baseados nelas dentro da estratégia de Audio Marketing. Ou seja, é uma relação de custo-benefício diferente, focada em volume.

 

3) Identifique palavras-chaves ranqueadas em #1 


Se você ranqueia na primeira posição para algumas palavras-chaves, identifique quais são e cuide delas como cuidaria de um bebê recém-nascido. No exemplo a seguir, vemos um artigo do blog da Resultados Digitais que possui uma versão em áudio - na data da consulta, o artigo estava na 1ª posição para palavra-chave "persona".

Print Artigo Persona - por Resultados Digitais

Geralmente, palavras que são core business possuem uma concorrência bastante alta e pode ter certeza que outras empresas também estão de olho nessa posição. E mais, trabalhando para tirá-la de você. Afinal, é você lá no topo.

Com esse dado em mãos, reúna a equipe e otimize esses conteúdos adicionando posts em áudio ao invés de otimizar o artigo inteiro. Caso seja necessário, você pode melhorar o texto ou atualizar dados e etc, mas a otimização com o áudio por si só vai gerar um interesse maior pelo conteúdo e fazer com que mais pessoas o acessem e consumam. 

E o que o Audio Marketing gera? Uma experiência diferenciada, focada em comodidade e, consequentemente, aumento do time on page, um fator relevante para mantê-lo como a primeira opção de clique no topo das buscas - conforme falamos anteriormente.

4) Encontrar temas que a concorrência está investindo


Se o seu concorrente está de olho em você, retribua e fique de olho nele também. Não para copiar o que ele está fazendo, é claro, mas para identificar em quais palavras-chaves ele está investindo para criar conteúdo.

Muitas dessas temáticas podem gerar oportunidades para você criar conteúdos de qualidade e com mais profundidade (em níveis intermediários ou avançados de uso, por exemplo) e incluir a estratégia de Audio Marketing, oferecendo-os em mais de um formato para o seu público-alvo. 

Imagine que seu público-alvo está pesquisando sobre o tema X. O artigo sobre este tema que possuir, além do texto, uma versão em áudio, certamente será mais atraente aos olhos do público.

Foi-se o tempo em que a concorrência era vista como um obstáculo. Na verdade, quem mudou o seu mindset e a enxerga como uma oportunidade para encontrar maneiras de se destacar onde o mercado não está investindo, tem grandes chances de sair (e se manter) na frente. 

5) Descobrir temas para criar audiobooks


Os e-books também fazem parte de uma estratégia de Audio Marketing. Como são conteúdos mais longos que pedem mais atenção de leitura, ao serem otimizados para áudio ganham mais mobilidade e praticidade para serem consumidos no formato de audiobook.

Os resultados da pesquisa mais recente da Audio Publishers Association dos EUA mostram um aumento de 24,5% na receita de audiobooks em 2018, alcançando um faturamento total de US$ 940 milhões. 

Outro dado animador que mostra como o áudio é realmente popular para distribuição de conteúdo, é apesquisa do The Infinite Disque 2019 que mostra que 50% dos americanos com 12 anos ou mais já ouviram um audiobook. É a primeira vez que a penetração do consumo de audiobooks atinge a marca de 50%, acima dos 44% em 2018, de acordo com Edison Research e Triton Digital.

No Brasil, a popularidade dos audiobooks está em crescimento e é um nicho com bastante potencial, seguindo a tendência do áudio e a facilidade que ele agrega para consumir conteúdos mais longos. Para fazer um investimento certeiro neste tipo de material, é importante selecionar com cuidado as palavras-chaves que serão estratégicas para virarem audiobooks.

Com as temáticas bem definidas, a equipe de conteúdo pode pensar em dados, dicas e instruções que farão com que o conteúdo seja facilmente processado e em uma linguagem atraente para a narração. 

Outra possibilidade é fazer o relançamento de um e-book, adicionando a versão audiobook em paralelo, como a Resultados Digitais fez. O primeiro audiobook da RD seguindo essa estratégia obteve mais engajamento com a versão em áudio do que com a versão original do e-book.

Conclusão


Com a SEMrush você reúne uma base de dados importante para atualizar a estratégia de produção de conteúdo digital da sua empresa com o Audio Marketing e colher os resultados dessa nova abordagem. Tudo isso baseado na força que sua estratégia já produz: conteúdos de qualidade.

Os tempos mudaram e, agora, além dos processos de otimização para SEO que você já conhece, existe a possibilidade de usar a força do áudio como ferramenta de otimização. E, como você viu, aliar essa estratégia inovadora ao bom uso do SEMrush aumenta ainda mais suas chances de sucesso.

 

Fonte: SEMrush

Olá, deixe seu comentário para Use o SEMrush como estratégia de Audio Marketing


Enviando Comentário Fechar :/